Santos no Tejo. Quim Barreiros, Herman José, Ágata e muito mais no novo arraial de Lisboa

Na apresentação do projecto que quer dar nova vida à Doca da Marinha, o presidente da Câmara de Lisboa reforçou a importância da taxa turística. “Quando vamos ao grande Museu do Tesouro Real vemos a aplicação da taxa turística, estamos aqui e vemos também.”

INFORMAÇÕES

Fonte:

Entre os dias 1 e 12 de Junho, há festa de Santos Populares na Doca da Marinha. Santos no Tejo quer ser “o maior santódromo da capital”.

Vai ter sardinha, imperial, música popular e tudo o que se quer de um arraial de Santo António, mas num recinto fechado, de lotação limitada, como se um festival se tratasse. A primeira edição dos Santos no Tejo, “o  maior santódromo da capital”, promete animar a Doca da Marinha, entre os dias 1 e 12 de Junho. 

“Vamos criar uma oferta diferente dos arraiais e dos Santos Populares, porque temos um recinto fechado, vedado, preparado com segurança e conforto para acolher, diariamente, 8 mil pessoas, numa zona plana à beira rio onde se pode chegar de metro, de autocarro, de bicicleta, trotinete e até de barco”, disse Francisco Mello e Castro, director de marketing e eventos da Doca da Marinha, na apresentação do santódromo esta terça-feira, a bordo do catamarã Go Mary.

O cartaz é de luxo, com Quim Barreiros a arrancar logo no dia 1, e Ana Malhoa a actuar no segundo dia. A animar o dia 3 estará a equipa das manhãs da Rádio Comercial, para uma noite de “Santos in the Night”, e no dia 4 Herman José sobe ao palco. Dias 5 e 6 são de descanso, mas a 7 há Sérgio Rossi e Ruth Marlene; dia 8 Insert Coin; dia 9 Mónica Sintra e Rebeca; a 10 José Malhoa; e no dia 11 Emanuel. Ágata encerra as festividades no dia 12.

A comida dentro do recinto está garantida, do sushi às sardinhas, e também vão estar a funcionar outros espaços da Doca da Marinha, como o restaurante Anfíbio e os três quiosques com assinatura do chef Miguel Rocha Vieira (Vermelho, Azul e Amarelo). As marcas parceiras – Amanhecer, Hyundai, MEO, SIC, Rádio Comercial, SAPO, JC Decaux, Olá, Guloso, Sagres, Pouca Roupa, Delta, Aperol e MB Way – ocupam-se dos jogos tradicionais portugueses, com activações típicas da época. O Santos no Tejo conta ainda com o apoio da Freguesia de Santa Maria Maior. 

Os bilhetes para este arraial já estão disponíveis em www.santosnotejo.pt e na Blueticket, bem como nas lojas MEO e nos locais habituais. Até 23 de Maio, o custo diário (que inclui uma bebida à escolha entre água, refrigerante e cerveja) é de 5€, mas a partir dessa data o valor sobe para os 7,50€. À porta, o preço é de 10€, sem bebida incluída.

Doca da Marinha. 1 a 12 de Junho. 5€-10€

Partilhar

Também recomendamos

Notícia

Está a chegar a Lisboa o maior santódromo da capital. Sim, leu bem. Não é sambódromo e sim santódromo, um espaço dedicado a uma das

VER
Notícia

Na apresentação do projecto que quer dar nova vida à Doca da Marinha, o presidente da Câmara de Lisboa reforçou a importância da taxa turística. “Quando vamos ao grande Museu do Tesouro Real vemos a aplicação da taxa turística, estamos aqui e vemos também.”

VER
Notícia

Na apresentação do projecto que quer dar nova vida à Doca da Marinha, o presidente da Câmara de Lisboa reforçou a importância da taxa turística. “Quando vamos ao grande Museu do Tesouro Real vemos a aplicação da taxa turística, estamos aqui e vemos também.”

VER